Notícias

03/12/2019 10:53 portalpopline.com.br

Daniela Mercury alfineta governo Bolsonaro e faz referência ao filme “Bacurau” em novo clipe!

Após o ministro da Educação, Abraham Weintraub, dizer que algumas universidades públicas são centros da “Balbúrdia”, a expressão virou febre nas redes sociais, muitas vezes usada em tom irônico. Apropriando-se dessas manifestações, Daniela Mercury se inspirou no tom de deboche da web e lançou o clipe da sua nova canção, “Rainha da Balbúrdia”. Usando da crítica social, em Rainha da Balbúrdia Daniela Mercury mostra que usar a arte é a melhor maneira de resistir.

 
 

O videoclipe, totalmente produzido em Salvador, teve roteiro e direção de Jana Leite, que já está no terceiro videoclipe com Daniela Mercury. “Daniela permite que eu me desafie cada vez mais. E Malu não desiste nunca. Risos. A Rainha da Balbúrdia é a resistência da arte. Trago pra esse clipe muitas referências afetivas: da infância, do circo, do teatro, do cinema e da própria Daniela. É uma honra e um abraço fortão poder dar forma e cor a uma música assim em um ano tão difícil. Enquanto ameaçam a cultura e a educação, a gente transforma dois ônibus em uma ocupação carnavalesca, cheio de livros e poesia, transbordando amor e respeito pela estrada, até esse pesadelo passar. E vai passar. Daniela é essa coragem”, disse Jana.

O roteiro é inusitado: utilizou 2 ônibus como palco e cenário para uma coreografia forte, vibrante e surpreendente. A festa da Balbúrdia tem inspiração no icônico filme “Priscila, a Rainha do Deserto” e tem a participação de 8 bailarinos baianos. As cenas externas foram gravadas com o ônibus usado dentro do complexo Horto Bela Vista e que é do ano de 1963. As cenas internas foram gravadas no Ônibus Balada Salvador. Os dois ônibus ganharam cenografia especial de Pedro Caldas e viraram o expresso Balbúrdia. “Fiquei muito empolgada ao dirigir o ônibus mais antigo, mas não foi fácil. Risos. Lembrou meu primeiro fusquinha. E estou com muita vontade de pegar o Ônibus Balada Salvador e sair embarcando fãs para uma festa dentro dele. Já pensaram nessa cena?”, diz Daniela gargalhando. O videoclipe foi gravado no patio do Wet’n Wild, na Estrada do Parque tecnológico e também na R5 Produtora. A direção de fotografia é de Marcelo Brito.

Daniela Mercury usa incríveis 9 looks durantes os 3 minutos de videoclipe. Todos do estilista João Pimenta, que usa a moda como arte e o discurso como manifesto. João tem como marca forte a relação masculino x feminino / pobre x rico. Esses contrastes aparecem nas formas, materiais e acabamentos. Além de Daniela, os 8 bailarinos do clipe também usaram criações de João. “Agradeço imensamente a possibilidade de participar deste fenômeno chamado Daniela Mercury. A verdade, carisma e luz irradiados por ela são contagiantes! Obrigado por ser tão sensível e acessível! Viva a Rainha!!!”, celebrou João.

“A música, que é uma composição minha, e foi produzida por mim e Jaguar Andrade, fala de esperança e da força do Nordeste do Brasil. Somos um povo feito de Sol e Música, somos resistência apenas por existir. Na área artística e do conhecimento, de produção acadêmica, além de muitas outras, nós nordestinos somos destaque. Não é à toa que tem a referência ao maravilhoso filme brasileiro Bacurau. A arte é resistência. Não há nada que nos oprima ao ponto de nos calar. Por isso, dediquei o videoclipe aos professores, reitores das universidades, estudantes, cientistas e todos que acreditam e lutam pela educação pública, pela democracia, pela paz, pela natureza, pela justiça social e pelos direitos humanos no Brasil e no mundo”, Daniela Mercury.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo